terça-feira, 20 de outubro de 2015

SINTRA, DOS NINHOS DISPONÍVEIS AOS GALINÁCEOS...

"DEVOLUTO" mas não é qualquer passarinho que o pode ocupar

Quem esteja atento às manifestações científicas sobre a nossa Serra, poderá apreciar a avifauna indígena, considerando desde belos cantos a recatados cacarejares.

Se é certo que, em fins de tarde, existe quem se delicie com o roncar de um pavão numa quinta virada a poente, o modesto pintassilgo alegra-nos, bem cedo, pelo seu trilar.

Por razões que ninguém esclarece, a Águia-de-Bonelli que, apesar de não ser ave de montanha fazia ninho na nossa Serra, deixou de mostrar a sua bela envergadura. 

Preferimos seguir os belos caminhos cá de baixo, feitos para pessoas simples, enquanto ao lado se nota um resmalhar de benquerenças, de fartança até chegar ao alto. 

Mata Municipal ou Parque das Merendas

Aparentemente é pouco o apreço que muitos autarcas de Sintra sentem pela Mata Municipal, também dita Parque das Merendas, que esteve fechada quase 6 anos. 

Repensando no abandono por que a mesma passou, fica-nos o receio de que qualquer facto estranho (alguma seita)  tenha contribuído para o fecho de tão belo espaço.

De tal forma isso é sentido, que apesar de múltiplas sugestões, e estando a menos de 100 metros do casco do Centro Histórico, nunca nele foi colocada uma placa a indicá-la.

Curiosamente é um espaço municipal que alguns autarcas não visitarão, mesmo ao lado de outro recentemente inaugurado e que lhes mereceu o devido destaque. 

E de que belo espaço estamos a falar.

Belo trecho, com a antiga cafetaria, as mesas para leitura e...ouriços de castanhas no chão

A fantástica beleza, disponível em qualquer hora do dia

Com cantos e recantos, frondosas árvores e rasteiras flores, a Mata Municipal tem um caminho que nos encanta atravessar para chegarmos ao portão da Estrada da Pena.

Ao meio temos a estufa, bem arranjada, devendo homenagear-se quem lá trabalha. Dentro dela, numa vida calma, temos duas famílias em completa harmonia:

video

É disto que gostamos, é disto que vivemos, Sintra é isto, onde todos possam sentir a natureza e a vida, com a beleza que nunca acabará por ser tão simples. 

Ao passarmos pela Mata Municipal, também dita Parque das Merendas, sentimos que estamos num ambiente de utilidade terrena, de higiene cultural.

Aquela Mata é o ninho de muitos de nós...mesmo que tombado pelas intempéries.











  



Sem comentários: