segunda-feira, 2 de agosto de 2021

SINTRA: DE "MONT FLEURI" AO ABANDONO NAS "AUGI"

 "De quatro em quatro anos garantimos o futuro de milhares de políticos, sem exigirmos firmemente que defendam o nosso" (Do Livro "Como se enganam os eleitores) 

Contornos de uma mentira

Mont Fleuri, sobranceira ao Largo Dr. Carlos França

Em Junho de 2018, justificando a compra da herdade Mont Fleuri (por favor clique para rever) o site camarário doirava-nos a sua aquisição por 2.800.000,00€. 

Dizia mais: "vai permitir um incremento da intervenção cultural do município, assim como a fruição coletiva de espaços que se desejam públicos e de acesso universal".

Passados mais de 3 anos, o anunciado tem foros de inverdade, pois a "Mont Fleuri" não passa de um espaço de Sua Excelência ao estilo de uma "Residência Oficial".

À vista, a "Mont Fleuri" é mais um símbolo de poder e refúgio, visitada por gente influente, não tendo sido oferta de nenhum partido mas paga pelos munícipes.

Que arrojo embrulhar-se a compra com "incremento da intervenção cultural" e "fruição coletiva de espaços que se desejam públicos e de acesso universal".

A "Mont Fleuri" está vedada aos seus donos - os munícipes - que dela não podem ter o prazer de usufruir o que pagaram e ainda suportam os custos de manutenção.

Entrada com portão sempre bem fechado...salvo se...

Para os sintrenses, a "residência oficial" é nos Paços do Conselho, onde todos podemos ver quem entra e quem sai sem que isso implique medidas de discrição.

Do Mont Fleuri...às "AUGI"

Voltando à "Mont Fleuri", que Sua Excelência terá ajardinada e limpa, é uma pena que não publicite os visitantes selecionados para lhes mostrarmos a outra Sintra.

Infelizmente, enquanto o portão se abre a escolhidas personalidades -  e logo se fecha - a realidade de Sintra e da gestão de Sua Excelência são bem diversas.

Seria bom saber-se quanto custa aos munícipes tal luxo, quando antes - autarcas com mais feitos que Sua Excelência - nunca fugiram dos Paços do Concelho.

Somos levados a imaginar que, ou Sua Excelência 8 anos depois de por cá ter aparecido ignora o que é o concelho, ou intencionalmente lhe tem sido encoberto.

As imagens que vamos mostrar - para quem espalha ilusões sobre Sintra - afetam milhares de residentes há longos anos, sem que haja vontade em investimentos.

União de Freguesias de Sintra (a mesma da "Mont Fleuri") como se acede a residências na Rua do Vale

União de Freguesias de Sintra (a mesma da "Mont Fleuri") como se acede a residências na Rua do Vale

União de Freguesias de Sintra, como se circula nas Ruas do Carrascal  e Sol Nascente

Estes são apenas dois exemplos para os quais a União de Freguesias de Sintra e a Câmara Municipal se deveriam preocupar em vez de deixarem o seu arrastamento.

Claro que as justificações serão muitas, bastando pedir a uma série de técnicos e responsáveis para perorarem sobre as causas de tais realidades. 

Gastaram-se milhões na Pousada de Juventude que não será nossa e milhares num parque de estacionamentos quase sem carros, mas casos destes arrastam-se.

São precisas, isso sim, novas políticas no Poder Local, que acabem de uma vez por todas com assimetrias gritantes a que os responsáveis são indiferentes.

Sintra é muito mais que vaidadezecas de interesse pessoal.

SINTRA JUSTIFICA QUE OS SINTRENSES A TOMEM EM PRÓXIMAS ELEIÇÕES.


2 comentários:

Anónimo disse...

Caro amigo Castelo,

Um monarca absolutista como o Dr. Basílio Adolfo Horta necessita de um palácio à altura para receber outros monarcas da mesma estirpe, é para isso que o povo paga, e cala! Abraço
Frederico Madeira

Fernando Castelo disse...

Caro Frederico Madeira,

Grato pela Sua visita e comentário. Claro que à custa do povo tudo o que venha à rede serve. Todavia - salvo melhor opinião - a pequenez da "Mont Fleuri" torna-se demasiado evidente face às arremetidas para ter o poder completo sobre a empresa dos parques da Serra. Os pedidos de demissão de um Secretário de Estado justificam isso, o que nos leva a admitir que na Pena, isso sim, o "monarca" se sentiria bem.
Um abraço