segunda-feira, 24 de novembro de 2014

SINTRA: QUEM ASSUMIRÁ AS RESPONSABILIDADES?

Antes da abordagem do problema de hoje, vamos mostrar algumas belezas de Sintra, para que os visitantes possam programar belos momentos no nosso concelho. 

Serra e Castelo dos Mouros visto das Murtas

Depois das Escadinha do Visconde de Ouguela

Mas o convite não pode ocultar o estado de duas árvores no Centro Histórico, levando a perguntar: - Quem responderá pelos eventuais riscos, em caso de queda? 

Árvore de elevado porte assim apoiada...útil para guardar lixo...um ferro cravado para agarrar o quê?

Interior superior da mesma árvore

O "túnel" onde deveria estar a sustentação da árvore

Saída do "Túnel" mais acima

Esta a segunda árvore a 10 metros da primeira

Obviamente que, para quem não é técnico - ainda bem e em Sintra há tantos -  o alerta para os perigos da queda de uma ou das duas árvores poderá ser um disparate.

Perante o apodrecimento e aumento do peso da copa, não existirão formas de reforçar a sustentação ou reduzir o peso dos enormes troncos que as árvores exibem?

É que, nestas coisas, é bem melhor prevenir do que correr riscos.

Espera-se que a garantia de segurança das árvores seja devidamente confirmada, eliminando-se a possibilidade de um acidente de razoáveis proporções.

Fica o alerta, defensores e responsáveis devem definir o que compete às partes.

Antes que seja tarde.






2 comentários:

António disse...

Ainda bem que existe este blog,onde o autor denuncia e chama a atenção daquilo que está menos bem. O caso desta árvore já andou aqui pelo Facebook sem que ninguém tenha (pelo menos que eu desse por isso) demonstrado qualquer intenção ou mesmo preocupação em rever a situação. Mais uma vez obrigado pelo incomodo causado aos inoperantes, ou seja, aqueles que teriam obrigação de ver estas e outras situações, mas, como invisuais que são, preferem enterrar a cabeça na areia.

O Mago disse...

Bela postagem, achei muito útil. Eu adoro árvores e suas simbologias. Já estou seguindo. Estou pegando emprestado a foto da oliveira de Agrigento para ilustrar meu texto. Achei-a muito bela! Citarei a fonte.

Um abraço!