terça-feira, 17 de dezembro de 2013

SINTRA: A PASSAGEM PEDONAL SOBRE A LINHA-FÉRREA...

Em 29 de Agosto de 2011, o site da Camara Municipal de Sintra informava:

"REABILITAÇÃO DA PASSAGEM PEDONAL NA PORTELA DE SINTRA
A passagem pedonal existente sobre a linha-férrea, na Portela de Sintra, vai ser alvo de reabilitação a partir do dia 6 de Setembro, ficando assim a via interdita. 
Prevê-se que a reparação dure cerca de 50 dias e a montagem da estrutura dure cerca de 2 noites, em data ainda a definir. 
Os trabalhos a realizar consistem no desmonte integral da estrutura metálica e transporte para oficina metalomecânica, onde serão efectuadas as reparações e tratamento anticorrosivo das peças. 
Após a reparação, proceder-se-á à recolocação da passagem pedonal na sua posição inicial. 
Serão também executados os trabalhos de reabilitação de betões e argamassas dos elementos existentes e ainda o arranjo do terreno envolvente ao pedestal dos pilares. 
Esta intervenção visa a reabilitação da passagem pedonal em estrutura metálica que garante o atravessamento por cima da linha-férrea, ligando a Portela de Sintra à Estefânia, melhorando assim as condições de circulação na mesma."
 Decorridos mais de 15 meses, melhor dizendo 835 dias, nem a passagem pedonal está reposta nem se sabe, ao certo, os motivos que originam tão grande atraso.

Caberá ao actual Presidente da Câmara - Sr. Dr. Basílio Horta - resolver um problema que não criou, para bem da população local e de muitos visitantes.

São muitos os transtornos causados pela falta dessa ligação rápida entre a Portela e a Heliodoro Salgado, lesiva do comércio local. Em fins-de-semana, ajudaria a encaminhar utentes para o Eléctrico, depois de estacionarem  junto ao Urbanismo.

Zona em que existia a passagem pedonal sobre a linha férrea

Eventuais divergências serão passíveis de resolução, desde que se limem algumas pontas de desentendimento que, segundo consta, terão surgido.

Perante a situação criada, apela-se ao Senhor Presidente da Câmara para que desenvolva os contactos indispensáveis no sentido da passagem sobre a linha-férrea ser reposta, servindo um vasto leque de utilizadores que ficarão gratos.



Sem comentários: